Wiki Tips and advice Brasil - Português

Reciclagem na educação infantil: dicas que vão da importância da coleta seletiva à construção de brinquedos com material reciclado

Confira a melhor maneira de ensinar sobre reciclagem na educação infantil e aproveite para construir brinquedos com sucata, preservando o meio ambiente e contribuindo para o seu bolso.

Atualizado Por Equipe Wiki Tips Português

Flores de garrafas Pet

Ensinar sobre reciclagem na educação infantil começa por fazer as crianças entenderem sobre a importância da coleta seletiva. Cuidar do meio ambiente é um aprendizado fundamental para os pequenos, já que se todo mundo fizer sua parte para salvar o nosso planeta, deixamos uma herança valiosa para as próximas gerações.

Preservar a natureza e reciclar o lixo são tarefas que precisam ser ensinadas com lições e exemplos, sem dúvida a forma mais eficaz de qualquer aprendizado. Confira a seguir dicas imperdíveis sobre como ensinar a importância da reciclagem para crianças de forma leve e divertida, através da coleta seletiva e da construção de brinquedos com material reciclado.

Como ensinar crianças a reciclar e explicar sobre a importância da coleta seletiva?

Quer ensinar sobre qual a importância da coleta de lixo? Em primeiro lugar, lembre-se de que assim como em quase todas as lições ensinadas aos filhos, o exemplo é mais poderoso do que as palavras. Para ensinar sobre a separação dos resíduos, é fundamental que toda a família esteja engajada na reciclagem.

Quando a preocupação com o meio ambiente já existe em casa, a criança cria o interesse para aprender cada vez mais sobre o assunto quando ele for abordado também na escola. Em outras palavras: se a família toda sabe como separar o lixo doméstico corretamente por categorias antes de descartá-los e aplica isso no dia a dia, é bastante provável que as crianças sigam o mesmo exemplo.

Reciclagem com crianças: o que fazer na prática

O primeiro passo para trabalhar a reciclagem na educação infantil é mostrar como o lixo deve ser selecionado para que possa ser reciclado no futuro. A lição fica mais lúdica quando a criança participa da escolha das cinco lixeiras coloridas: cada uma delas será destinada a um tipo de rejeito.

O critério de cores faz parte de um padrão mundial adotado para o sistema de coleta seletiva do lixo. Além do Brasil, vários países utilizam os mesmos tons como parâmetro a ser seguido. Além de facilitar a fixação dos conceitos, essa separação por cores evita que as lixeiras sejam confundidas e torna o processo mais interessante.

  • Vermelho: Destinada a todos os rejeitos de plástico, como embalagens e garrafas PET.

  • Azul: Na lixeira azul vão os resíduos de papel e papelão, exceto papel higiênico usado e guardanapos sujos.

  • Verde: Aqui vão todos os tipos de vidros, exceto espelhos e cristais.

  • Amarelo: Já a cor amarela é para os lixos de metal, como embalagens metálicas, pregos e clipes.

  • Marrom ou cinza: O lixo orgânico, caracterizado pelos restos de comida e plantas, deve ser descartado aqui.

Em todos os tipos de lixo, é importante lembrar que as embalagens devem ser descartadas limpas e secas. É sempre importante passar um jato de água e esperar que elas sequem antes do descarte, pois se estiverem sujas com material orgânico, o processo de reciclagem será muito mais complicado. O ideal é que os pequenos também sejam envolvidos nessa etapa.

Assim, com uma lixeira para cada tipo de lixo, o processo de aprendizagem é facilitado para todos os membros da família. A ideia é que a separação do lixo também seja um momento leve, onde é possível aprender brincando.

Como explicar sobre reciclagem para educação infantil?

Além de mostrar na prática, é interessante explicar sobre reciclagem para crianças também com palavras: quais os critérios da separação do lixo, o que é lixo orgânico e não orgânico, e o que pode ser reciclado ou não. A boa notícia é que esse aprendizado pode começar bem cedo: a partir dos três anos já é possível começar a entender e fixar alguns desses conceitos.

Trabalhar a reciclagem na educação infantil vai além de ensinar as crianças a separarem o lixo corretamente. Também é interessante explicar a importância da redução do lixo, sabendo como reciclar em casa e como reutilizar embalagens. Uma dica é lembrar da regrinha dos quatro “R”: reduzir, reutilizar, reciclar e recuperar.

É preciso reduzir ao máximo a quantidade de lixo produzido, reutilizando aquilo que possa ser aproveitado novamente, reciclando o restante depois da coleta seletiva de lixo e recuperar o que for preciso, sem trocar por algo novo.

Como trabalhar a reciclagem na educação infantil?

Pode parecer difícil e complicado, mas no dia a dia, algumas lições podem ser valiosas:

  • Reutilizar os brinquedos: Se um brinquedo quebrar, vale fazer a criança refletir se há ou não como consertar o estrago ou mesmo dar um novo uso ao brinquedo quebrado. Um carrinho sem uma roda pode acabar virando um vaso de suculentas para decorar o quarto, por exemplo.

  • Ensinar a levar sua própria ecobag no mercado: É uma boa ideia ensinar os pequenos a dispensarem o máximo possível as embalagens desnecessárias. Recusar sacolas no mercado e canudos na lanchonete são um bom começo. Vale até mesmo oferecer uma pequena ecobag para que a própria criança possa ajudar, carregando alguma compra bem leve.

  • Construir brinquedos com sucata: Outra boa ideia é incentivar as crianças a construírem seus próprios brinquedos a partir de sucata. Vale deixar uma sacola separada com tampinhas, embalagens, papel colorido, lacre de latinhas e qualquer outro material que possa ser transformado em outra coisa facilmente. Além de fazer o bem para o meio ambiente, esse tipo de brincadeira ajuda a despertar a criatividade infantil.

  • Reutilizar embalagens: Também vale incentivar a criatividade dos pequenos para reutilizar embalagens. Potes de sorvete podem ser ótimos para guardar pequenos brinquedos, enquanto caixas de papelão se tornam casinhas de boneca ou castelos para soldadinhos de chumbo, sem muito esforço.

Você vai precisar de:

  • Faca
  • Tesoura
  • Pincéis
  • Tinta guache
  • Canetinhas e canetas permanentes
  • Fita adesiva
  • Fita dupla-face
  • Barbante ou fita
  • Cola branca
  • Papéis coloridos
  • Papelão
  • Garrafas PET
  • Garrafas de xampu vazias
  • Garrafas plásticas de leite ou suco
  • Feltro, lenço de papel ou papel de seda coloridos
  • Um galho seco
  • Olhinhos adesivos
  • Óleo de girassol
  • Corante alimentício
  • Água
  • Glitter ou purpurina
  • Alguns comprimidos efervescentes
  • Papel alumínio

Como construir brinquedos com sucata?

Quer jeito melhor de ensinar sobre reciclagem para crianças do que construir com os pequenos os próprios brinquedos? Confira a seguir as nossas dicas de brinquedos recicláveis e aprenda a se divertirem juntos enquanto preservam o meio ambiente.

  1. Segurança em primeiro lugar

    Para evitar acidentes, seja você a manusear a faca e a tesoura, e deixe para os pequenos as tarefas mais simples como pintar, colorir e decorar. Aproveite para tirar os rótulos e adesivos das garrafas antes de fazer reciclagem de plástico.

  2. Faça uma caixinha em formato de maçã

    Corte o fundo de duas garrafas PET iguais e transparentes usando a faca. Use a tesoura para acertar as bases das garrafas na altura certa. Corte o galho seco com cerca de 3 cm de comprimento. Use a faca para fazer um corte em forma de cruz no fundo de uma das garrafas e encaixe o galho, usando um pouco de cola para fixá-lo no lugar. Coloque o feltro ou lenço de papel dentro da garrafa sem o galho. Corte pequenas fendas com cerca de 2 cm de comprimento na garrafa com o galho, tornando mais fácil o encaixe das duas garrafas. Corte as folhas no papelão e cole-as no galho.

    Step 2: Caixinha de maçã de garrafa Pet
  3. Invente um porta-lápis de monstrinhos

    Com a faca e a tesoura, corte as garrafas de xampu como monstrinhos. Faça os olhos, braços e dentes, e fixe com cola ou fita adesiva. Solte a imaginação e decore como quiser.

    Step 3: Monstrinhos porta-lápis de garrafa Pet
  4. Crie carimbos de flores

    Numa folha de papel, desenhe o tronco e os galhos da árvore. Despeje um pouco de tintas coloridas em um prato ou bandeja de plástico. Com fundos de garrafas PET de diferentes tamanhos, carimbe as flores na árvore.

    Step 4: Desenho de uma árvore com carimbo de garrafa Pet
  5. Plante um vaso fofo e divertido

    Com uma caneta, marque a parte superior do vaso em uma garrafa PET em formato de orelhas de gato. Para garantir o espaço suficiente para uma planta pequena, deixe cerca de 11 cm da base da garrafa até as pontas das orelhas. Usando a faca e a tesoura, corte a forma que você marcou na garrafa. Agora é hora de pintar a garrafa. Assim que a garrafa estiver pintada e seca, você pode adicionar todos os detalhes usando as canetinhas. Depois, faça pequenos furos no fundo da garrafa para drenar a plantinha, e em seguida coloque algumas pedrinhas. Adicione a terra e a planta.

    Step 5: Vaso de tomilho de garrafa Pet com cara de gato
  6. Construa uma lâmpada de lava

    Coloque 1/4 de água em uma garrafa de plástico transparente. Complete a garrafa com óleo de girassol (ou outro óleo vegetal), até aproximadamente 1 cm da boca. Adicione o corante alimentício, gota a gota, até que a água atinja o tom desejado. Adicione glitter ou purpurina. Misture bem. Quebre os comprimidos efervescentes em pedaços pequenos, com cerca de 1 cm de tamanho. Coloque os pedaços de comprimido na garrafa (eles cairão para o fundo e vão começar a efervescer, criando um fluxo de bolhas de água colorida através do óleo). Adicione mais pedaços de comprimido à medida que as bolhas diminuirem.

    Step 6: Lâmpada de lava feita com garrafa água e glitter
  7. Faça um cofrinho de foguete para juntar moedas

    Com a faca, faça uma fenda em uma garrafa de plástico de tamanho suficiente para entrar uma moeda. Usando a tesoura, papéis coloridos, canetinhas, marcadores permanentes e a imaginação, decore o seu cofrinho de foguete e comece a economizar.

    Step 7: Foguete de garrafa Pet
  8. Brinque de astronauta com uma mochila a jato

    Cubra duas garrafas PET e um retângulo de papelão com papel alumínio. Prenda as garrafas lado a lado usando a fita adesiva e cole-as no papelão com cola ou fita dupla-face. Corte o feltro ou papel de seda em forma de chamas e cole nas bocas das duas garrafas com a fita adesiva. Amarre as alças da mochila feitas com barbante ou fita, fazendo um pequeno orifício nas pontas do papelão para prendê-las.

    Step 8: Mochila de propulsão de alumínio com fogo de papel colorido

Depois de aprender brincando sobre a importância da coleta seletiva e construir brinquedos de sucata, conte com OMO para limpar a sujeira e remover resíduos e cola, tinta e canetinha das roupas e superfícies.

Enquete

Na sua rotina de limpeza, qual produto você costuma usar para tirar o cheiro de pet da casa?

0 votos

Perguntas frequentes sobre reciclagem na educação infantil

Qual o objetivo de trabalhar reciclagem na educação infantil?

Cuidar do meio ambiente é um aprendizado fundamental para os pequenos, já que se todo mundo fizer sua parte para salvar o nosso planeta, deixamos uma herança valiosa para as próximas gerações. Quando a preocupação com o meio ambiente já existe em casa, a criança cria o interesse para aprender cada vez mais sobre o assunto quando ele for abordado também na escola.

Existe melhor forma de trabalhar a reciclagem na educação infantil?

Assim como em quase todas as lições ensinadas aos filhos, o exemplo é mais poderoso do que as palavras. Para ensinar sobre a separação dos resíduos, é fundamental que toda a família esteja engajada na reciclagem.

O que fazer para explicar reciclagem para crianças?

Trabalhar a reciclagem na educação infantil vai além de ensinar as crianças a separarem o lixo corretamente. Também é interessante explicar a importância da redução do lixo, sabendo como reciclar em casa e como reutilizar embalagens. Uma dica é usar as lixeiras coloridas para cada tipo de resíduo e lembrar da regrinha dos quatro “R”: reduzir, reutilizar, reciclar e recuperar.

Publicado originalmente